Tamron Lens - 10-24mm | Sample series #4



Após várias semanas de tempo persistentemente chuvoso, em que as saídas e oportunidades para fotografar foram reduzidas, eis que este fim-de-semana prolongado as condições se alteraram!
Nestes dias de sol, no Inverno, nada melhor que aproveitar o tempo para dar uns passeios à beira-mar!
Foi isso que hoje fiz e aproveitei para levar comigo a velhinha Nikon D2x e a Ultra-angular Tamron SP 10-24mm f/3.5-4.5 Di II (abre em novo Link).
Este é um conjunto que frequentemente utilizo em situações ou alturas em que me desloco a locais de paisagem natural ou urbana. 
A amplitude angular desta Tamron 10-24mm - 108º quando utilizada na sua distância focal mínima, os 10mm - permitem capturas de vastos cenários. Em complemento, ou melhor, por consequência, as imagens captadas com toda esta amplitude reduzem de forma drástica a realidade tal qual os nossos olhos a vêem. As imagens acabam por causar impacto pela diferente forma como "transformam" a paisagem. Todavia, para conseguir realçar as características ou potencialidades deste tipo de objectivas devemos procurar fotografar e explorar novos enquadramentos. 
Fotografar com a câmara pousada no solo é uma das posições que, regra geral, resulta bem. 
Outra característica das imagens produzidas por esta Tamron reside na intensidade das cores que produz. 
Pessoalmente, neste tipo de fotografias (como foi o caso deste exemplo), utilizo ainda um filtro polarizador circular o que intensifica o azul do céu, proporcionando um contraste maior com branco das nuvens e o restante cenário. 
Hoje, por "azar" como decidi reduzir o peso a transportar trouxe somente a 10-24mm... Se tivesse trazido também a Tamron 150-600mm (abre em novo Link), neste mesmo local, tinha aproveitado para fotografar umas Rolas-do-mar que estavam completamente destemidas...!
Bom, o bom tempo parece estar aí para ficar e amanhã vamos lá ver se aproveito o dia!


2 comentários:

José disse...

Tenho pena que a Tamron pague tão bem a publicidade pois, assim, quase mata o seu blog: deixou de ser o blog de José Loureiro para ser o blog da Tamron!

Jose Loureiro disse...

Olá José.
Sou, sinceramente, obrigado a reconhecer e a concordar que tem (alguma) razão no que diz e no que sente.
No entanto, não me querendo justificar, acho que devo pelo menos explicar porque é que os últimos artigos acabam por reflectir sempre o nome da Tamron.
Não tem nada a ver com publicidade ou apoio pois o Blog só consegue sobreviver com essas ajudas. Só dessa forma, com apoio de lojas, marcas e patrocínios é possível dispor de equipamento variado para testar, comparar e publicar opiniões. Em relação a isso não há qualquer alteração ou novidade. Já há bastante tempo que existem menções ou agradecimentos a marcas, lojas, ou patrocínios que apoiam ou de alguma forma ajudam… Durante os primeiros anos fi-lo à minha exclusiva custa mas acredite que fazer determinados artigos e manter o Blog activo também acarreta custos….
Aliás, em relação à Tamron, fiz questão desde o início desta ligação com a marca de esclarecer e deixar bem claro que aquilo que escreveria e a opinião que tivesse sobre os equipamentos da marca que viesse a testar seriam isentos e diria (como digo, se reparar) o que tivesse a dizer: Bem ou mal!
O que está a acontecer, por culpa exclusivamente minha, é que a predisposição para escrever artigos técnicos mais profundos tem sido, sinceramente, muito pouca e, por outro lado, o tempo que disponho quase só me deixa espaço para divulgar as actividades em que participo e as fotos inerentes às mesmas!
O real motivo, esse sim, porque vê agora mais alusões à Tamron prende-se com o facto de ter sido nomeado Embaixador da marca em Portugal. Esse é um cargo que acaba por ter algumas contrapartidas, em termos de curriculum e de prestígio (…e de que me orgulho pois no meio de tantos e excelentes fotógrafos no nosso Pais escolheram-me e nomearam-me a mim para o lugar).
Todavia, sendo este ano o único fotógrafo em Portugal com esse título, isso acarreta também, obviamente, a “obrigação” de divulgar a marca e fotografar com equipamento da mesma. Não existe nenhuma exclusividade mas, verdade é que aproveito o pouco tempo que disponho para fotografar com aquela marca… Acredite que tenho artigos para fazer acerca da Nikon, questões técnicas, etc. e que espero brevemente conseguir acabar para publicar.
Contudo, tal como o faço quando falo da Canon ou Nikon, etc… tento sempre aproveitar para dar dicas ou sugestões que são transversais a todas as marcas. Ou seja, independentemente da marca os princípios ou conceitos podem ser generalizados a equipamentos doutros fabricantes.
Por último, quero uma vez mais agradecer-lhe o comentário pois este feedback dos leitores é importante para mim e revela os seus gostos e interesses nas matérias que publico no Blog. Ao mesmo tempo, registo a sua preocupação (que poderá reflectir igualmente o pensamento doutros leitores) e, no mínimo o seu comentário e servirá de alerta!
Obrigado
José Loureiro