Tamron Lens - 16-300mm | Sample series #1


Nikon D300 + Tamron 16-300mm 
@ 300mm; f/6.3; 1/250 seg.; ISO 200



As cores de Outono através da Tamron 16-300mm!
Apresentada em Portugal em meados de Julho/2014 e anunciada a sua comercialização ao público apenas há poucos dias, a Tamron 16-300mm afigura-se uma objectiva (para câmaras com sensor de formato DX) polivalente.
A amplitude focal - dos 16 aos 300mm - permite escolher e fotografar uma enorme variedade de temas. Aliás, quase só a inspiração de cada um vai limitar aquilo que podemos fotografar com este tipo de objectivas zoom.
Apesar de representarem um compromisso entre essa verdadeira polivalência e a qualidade óptica, para quem pretender uma objectiva para levar numa viagem de férias ou fins-de-semana, para fotografar os miúdos ou para ter sempre “à mão” para fotografar naqueles momentos em que algo desperta o nosso interesse, estas objectivas são a companhia ideal. São compactas e extremamente versáteis.


Desde o Workshop que se realizou no PBG em Julho, têm-me sido cedidas várias unidades destas Tamron 16-300mm com as quais tenho fotografado descontraidamente e aproveitado para compilar informações destinadas a fundamentar um oportuno e mais completo “review”.
Tenho tido a preocupação de lhes dar, principalmente, uma utilização que penso ser a que o público-alvo também lhes vai dar. Ou seja, quando saio com uma destas zoom fotografo aquilo que no momento me surge diante dos olhos nos locais onde me encontro. Portanto, os temas são variadíssimos… Já fotografei vida animal, paisagem natural, paisagem urbana, retrato… Entre outros temas, a fotografia de natureza é, também, um dos assuntos possíveis com estas pequenas e compactas objectivas. 




Nikon D300 + Tamron 16-300mm 
@ 58mm; f/11; 1/80 seg.; ISO 640



Mais uma vez, no intuito de confirmar a polivalência destas zoom, as fotografias que hoje, como exemplo, publico fazem parte duma descontraída saída pelos Montes em que, sem destino, sem nada predefinido e sem grandes preocupações técnicas na captura, fui fotografando aquilo que ia surgindo pela frente e que achava ter algum interesse.
Na verdade, com o máximo da sua extensão focal - os 300mm - conseguem-se fotos com alguma semelhança a fotos captadas com objectivas Macros pois a distância mínima de focagem é diminuta. Todavia, advirto já os apaixonados por Macrofotografia que estas zoom’s genéricas não substituem uma “verdadeira” objectiva Macro! Conseguem-se fotos com alguma proximidade e detalhe mas, geralmente, com cerca de 3 ou 4 vezes menos “ampliação” que as objectivas Macro!
A Tamron 16-300mm é capaz duma relação de reprodução máxima de 1:2.9 quando o zoom está nos 300mm. Por sua vez, uma Macro deve ter uma relação de reprodução de 1:1. Ou seja, uma relação de reprodução em que o objecto fica representado com o mesmo tamanho no sensor da câmara (no formato Full Frame, a que corresponde o formato 35mm em película, também vulgarmente designado por formato FX).
Por falar em Macrofotografia.... uma das outras objectivas com que tenho andado "entretido" é uma "verdadeiramente Macro". Daqui a um dia ou dois publico uma foto de exemplo com a Tamron 90mm Macro!

4 comentários:

► JOTA ENE ◄ disse...

Esta objectiva ( Tamron 16-300mm ) é compatível com os corpos: Canon 30 D e 50 D ?

Qual o preço da mesma ?

Agradeço os esclarecimentos!

Jose Loureiro disse...

É compativel, sim.
O preço de venda ao público sugerido pelo distribuído é de cerca de €600,00.

deNata disse...

Caro amigo, gostaria se saber se a
Tamron 16-300mm pode ser utilizada com uma máquina 1000D da Canon?
Agradeço desde já a sua atenção.

Jose Loureiro disse...

Pode ser sim utilizada.