Nikon D4 - A nova câmara digital Nikon ”Topo de gama”!




A nova SLR-D da Nikon: A D4.
Provavelmente será uma câmara que, designadamente por motivos económicos, não interessará a muitos mas, tal como na Fórmula 1, aquilo que é de início inacessível ao comum cidadão vem, mais tarde a ser vulgarizado e a ser implementado em produtos de preço mais baixo.
Basta ter em conta que, actualmente a câmara de entrada de gama da marca Nikon – a D3100 – é “anos luz” mais evoluída e permite melhor qualidade de imagem do que câmaras de “topo de gama” de alguns anos atrás. Por isso, talvez não seja, também, de admirar que daqui a algum tempo aconteça o mesmo: câmaras mais acessíveis “oferecerem” algumas das (para já) inovações da D4!
Após ver o vídeo promocional de lançamento certamente não haverá muito mais a dizer acerca das suas características...não prima pela quantidade de Megapixéis, ...apesar da sua forma mais "arredondada" não tem um design inovador, mas.... uma coisa é certa: talvez seja a primeira câmara do mercado vocacionada para interagir de forma simples e rápida com uma série doutros equipamentos de tecnologia recente. Basta reparar em todas a entradas do lado esquerdo da câmara!
A salientar: Obturador testado para 400.000 disparos; a utilização de um novo formato de cartão para gravação de imagens e vídeo - o XQD (além do Compact Flash) e algumas inovações em termos de gravação de ficheiros de vídeo...
O novo processador EXPEED 3 é anunciado como extremamente rápido e capaz de reproduzir uma ampla gama dinâmica de cores.
Quanto aos formatos de imagem passam a ser 4: FX (36.0 x 23.9 mm), 5:4 crop (29.9 x 23.9 mm), 1.2x crop (29.9 x 19.9 mm) e o formato DX (23.4 x 15.5 mm).
Uma SLRD vocacionada, a meu ver, para fotógrafos de desporto e eventos sociais.
Vamos a ver se, tal como aconteceu com a sua antecessora - a D3 - serão, ou não, lançadas versões destinadas a outros tipos de fotografia. Talvez, uma D4x, enriquecida com mais Megapixéis, destinada a fotógrafos de paisagem e estúdio...

5 comentários:

mfc disse...

... um sonho de máquina!

José Loureiro disse...

É sim senhor!
Mas uma coisa é certa e convém nunca esquecer: as câmaras são meros instrumentos para alcançar um fim. Por outras palavras, ajudam mas não fazem, por si só, as fotografias!
Sinceramente digo, já tenho visto excelentes fotografias captadas com câmaras “simples” como a D40 e péssimas fotografias captadas com câmaras de topo…
Ter um equipamento melhor, sem dúvida, é uma ajuda mas também é certo que não faz milagres… há que saber usá-lo e tirar proveito das suas potencialidades! E esta Nikon D4 tem imensas!

Carlos Miranda disse...

(...) ao longo das pesquisas que tenho feito sobre esta nova máquina, li algures uma declaração de um premiado fotógrafo internacional, em que afirma que tudo o que seja mais que 6 megapixeis é completamente desnecessário. Importante, sim, o sensor, os pixeis nem tanto. Esta máquina parece ser uma "bomba" mas nunca acreditei muitos nos "dois em um". Talvez seja um preconceito muito meu. Abraços. Carlos Miranda

José Loureiro disse...

Olá Carlos,
Em relação à questão dos 6Mp, serão suficientes, sim, para a maioria dos utilizadores que raramente fazem ampliações de mais de 30x40cm… No caso de fotografia publicitária, Outdoors, etc., são sim necessários mais que 6 Mp. Actualmente, para fotografia publicitária (e não só) já existem câmaras de 200Mp! Estou a lembrar-me, por exemplo, da Hasselblad H4D-200MS…
Agora, uma coisa é certa: Só Megapixéis não interessam a ninguém! Isto é, mais importante que a quantidade é a qualidade… Factores como densidade e capacidade de captação de luz, reprodução de cores, isenção de ruído de imagem, etc. acabam por influenciar e serem mais relevantes que meramente a quantidade de pixéis.
Em todo o caso, uma câmara com sensor de formato FX pode bem ter uma maior quantidade de pixéis sem comprometer a qualidade final.
Quanto ao “dois em um” (penso que se estará a referir às funcionalidades de vídeo da nova Nikon D4…) estou completamente de acordo consigo! Para mim, “cada equipamento no seu galho”.
Filme vídeo: Câmara de vídeo. Fotografia: Câmara fotográfica! Mas também ressalvo, desde já, que é a minha humilde opinião! E não quero dizer com isto que os resultados sejam maus…
Mas, toda a panóplia de inovações e ligações incorporadas na Nikon D4 acabam por ser úteis, em termos de rapidez e funcionalidade, ao público-alvo a que se destinam: Os profissionais.
Um abraço

Lu di Mello disse...

José Loureiro, parabéns pelo seu blog!