Tamron Lens - 150-600mm | Sample series # 4


Alvéola-amarela (Motacilla flava)
Nikon D300 + TAMRON SP 150-600mm f/5-6.3 Di VC USD
@ 600mm f/8, 1/400 seg., ISO 400, Modo de Exposição "A", Medição Pontual

Já lá vão uns meses desde que, como embaixador da Tamron em Portugal,  comecei a utilizar objectivas daquela marca para fotografar. 
Uma das objectivas que tenho para uso pessoal e que mais tenho utilizado é a Tamron SP 150-600mm. Ao longo do tempo tem-se revelado uma excelente companheira  para fotografia de Natureza e Vida Selvagem! De tal modo que, cada vez tenho gostado mais desta objectiva e não tenho tido saudades das anteriores teleobjectivas que costumava usar.... 
Neste tipo de fotografia de Aves a distância focal mais solicitada são os 600mm. A f/6.3, para o meu gosto, a imagem é um pouco "soft"... mas fechando um pouco o diafragma o recorte melhora! Entre os f/7.1 e f/8 atinge-se o pico do recorte. Basta subir um pouco o valor ISO para manter as velocidades de obturação aconselhadas e com a ajuda do sistema de estabilização conseguem-se bons resultados!      
Claro que pode parecer tendencioso ou suspeito da minha parte esta afirmação mas facto é que, actualmente, é imbatível a relação preço/qualidade que esta 150-600mm tem. 
Para verem uma das razões porque o digo, cliquem na foto e abram em tamanho real em novo link!
(Fotografia captada sem tripé com sistema VC activo. A imagem tem um ligeiro "crop"!)

2 comentários:

NobreLuso disse...

Imagem indíssima, de um estremo bom gosto e muita sensibilidade!
Com a minha Nikon D610 + Nikkor 28-300 (FX), serei capaz de fazer algo semelhante?...

Jose Loureiro disse...

Dificilmente... na D610 os 300mm são, efetivamente (e só), 300mm. Numa câmara DX, por sua vez os 600mm da Tamron equivalem a 900mm no formato FX! Ora, de 300mm a 900mm vai uma diferença enorme! Portanto com o conjunto que mencionou, só se estivesse praticamente “colado” à ave é que poderia ser possível obter uma relação de proporção idêntica.