Problema de falha no LCD da Nikon!












Já por algumas vezes me chegaram rumores de problemas relacionados com uma avaria ou mal-função no ecrã LCD traseiro de câmaras Nikon.
Todavia, apesar de ter já usado variadas câmaras SLR-D (Nikon, Canon, etc.), nunca tinha pessoalmente passado por essa experiência… até hoje….
Um dos motivos porque escrevo este “Post” é tão-somente partilhar a experiencia com vocês e descansá-los (na eventualidade de vos acontecer situação idêntica…) pois a “avaria” não é, em certos casos, permanente….



P
ois bem…
Domingo, dia de sol, teleobjectiva 500mm Russa para testar e lá fui eu para o “campo” captar mais umas fotos… Levei uma Nikon D300 e, claro, levei ainda um robusto tripé, cabo disparador, …
Ok! Adiante…
Tudo corria bem. Assentei “praça” e montei o tripé num local com ervas e terra húmida, liguei o cabo disparador à Nikon D300, acoplei a LZOS 500mm…
(neste momento, certamente que estarão a pensar “mas para que raio interessa esta descrição?!”… mais à frente ficarão a perceber porque é importante…)

Continuando…
Estava, então, no dito local há cerca de 15 ou 20 minutos, tinha captado apenas uma meia-dúzia de fotos, quando, sem mais, ao tentar rever a última foto que acabara de captar, o LCD traseiro da Nikon D300 se recusava a mostrar qualquer imagem! Parecia ter “morrido” de vez! Todas as restantes funções da câmara funcionavam perfeitamente mas qualquer visualização que se tentasse através do LCD não era possível! Ou seja, não se podiam rever as imagens, não se podia aceder à visualização dos itens do Menu e o sistema "Info" de informações relativas à exposição via LCD também não funcionava!

Então o que fazer?!
Segundo parece, existem variadíssimas razões pelas quais este “fenómeno” pode acontecer… Desde falta de contacto nas ligações do cartão de memória, problema de contactos da bateria, …

 Cá fica uma série de “operações” que, por razões lógicas, tentei para sanar o problema: 

  1. Desligar a câmara
  2. Retirar o cabo disparador
  3. Retirar o cartão de memória
  4. Retirar a bateria
  5. Voltar a colocar a bateria
  6. Colocar de novo o cartão de memória
  7. Ligar a câmara
 Existem ainda outras operações que se podem (devem) tentar se o acima descrito não resultar: 

  1. Formatar o cartão de memória na câmara (isto pode ser relevante se utilizam o cartão noutras câmaras ou guardam ficheiros doutros equipamentos nele…)
  2. Actualizar a versão de firmware da câmara (caso não esteja actualizada)
  3. Retirar a objectiva e substituir por outra (no meu caso não foi necessário uma vez que a 500mm que estava a utilizar não tem quaisquer contactos eléctricos)
Resultou?! No meu caso, não!

Finda esta fase, os mais enervados e impacientes certamente que estarão já a pensar em usar a câmara como arma de arremesso…
Não, não façam isso… ainda. Lembram-se, mais acima, de ter nomeado as condições em que estava a captar as fotos? “…ervas e terra húmida…”?
Pois bem, pode ser esse um dos factores responsáveis pela “avaria”…!

Continuando o relato…  
Na altura, não havia muito mais a fazer uma vez que já tinha tentado quase tudo para “reanimar” o LCD e não havia conseguido… só faltaria fazer um “reset” à câmara mas decidi vir para casa antes de tentar essa opção.
Chegado a casa, bastou ligar a câmara normalmente e… “Voilá”! Eis que tudo funcionava certinho sem mais nada ter feito!
Reflectindo sobre o assunto (correndo o risco de poder estar errado, claro) cheguei à conclusão que a câmara não tem qualquer avaria e que a “causa” deste problema tinha de ser externa à câmara… Ou seja, partindo do princípio que a D300 não tem características “auto-regeneradoras” e não se conserta por si mesma… o que motivou a falha foi um factor extrínseco à câmara!

Bom, na verdade existe um outro factor, que penso poder ser o verdadeiramente relevante e responsável pela situação que não vos contei…
O local onde estive a captar as fotos ficava muito próximo (mais concretamente por baixo), duns cabos de distribuição eléctricos de “Alta tensão”.
Em que é que isso poderá ter influência??? Electricidade estática!
Outra conjectura: Condensação! Terra húmida, início do dia, sol a incidir na câmara…

Resumindo… Lá se foi uma manhã de sol sem fotos!
Aspecto positivo: É esperar uma meia hora e já temos câmara de novo!

6 comentários:

MARIAGE NOIVAS disse...

Bom dia Jose Loureiro, estou com problema, todos os meus cartão de memoria esta da isso chat o que poderia ser, ja perdi varios o que fazer.

Me ajuda por favor

meu e-mail
studiovaldemarsantos@gmail.com

Jose Loureiro disse...

Não sei se entendi bem a pergunta… mas se com cartões diferentes (formatados) continua a ter problemas de gravação ou reprodução de imagens, então algo na câmara poderá não estar bem configurado ou existir alguma anomalia….
Está a gravar em que modo? JPG? RAW? E não consegue visualizar as imagens na câmara ou no computador?

pbl disse...

Ora aí um problema que não acontece a Canon's.

(maldade pura, não resisti, um abraço)

Jose Loureiro disse...

Eheheh… Por acaso também acontece!
Pessoalmente foi a primeira vez que me deparei com este problema e tenho usado vários modelos de câmaras Nikon em condições bem mais adversas…. Ou seja, há sempre uma primeira vez! Mesmo quando, aparentemente, as condições em que usámos a câmara parecem não justificar qualquer razão de falha!
Um abraço!

Sabrina Sena disse...

Olá!
Primeiramente, gostei da forma como voce abordou o problema no seu blog! Foi um alivio encontrar tal descrição. Porém, eu não consegui resolver esse problema na minha Nikon D3200. Já faz uns 3 meses que ela fotografa, mas não aparece nada no LSD. Voce tem alguma sugestão do que poderia ser?

Jose Loureiro disse...

Olá Sabrina
Se não modificou algum parâmetro de configurações da câmara (via menu), nomeadamente, a revisão de imagens automática após a captura e se também não consegue visualizar quando seleciona o modo de "playback" diretamente, então é porque o problema será de natureza técnica. Ou seja, assim sendo, deve recorre à assistência técnica profissional.